Games

Resident Evil: o surto de Raccoon City

O surto na cidade de Raccoon City é um dos eventos mais importantes de toda a série de Resident Evil, forçando o governo a tomar medidas drásticas em resposta rápida ao contágio do T-Vírus e do G-Vírus.

Resident Evil

No primeiro jogo, a história original se continha em uma mansão abandonada, onde o grupo de elite da polícia de Raccoon enfrentavam mutantes e zumbis. Embora o jogo tenha sido um sucesso, sua sequência mostra até onde a infecção pode se espalhar. Embora o surto de Raccoon City em RE2 e RE3 pareça uma decisão tática da Umbrella Corporation, sua propagação foi na verdade um acidente.

Antes do início do surto, no final de Setembro, o principal pesquisador do T-Virus, Dr. William Birkin desenvolveu um vírus ainda mais mortal, o G-Vírus, o cientista foi encurralado pela força tarefa da Umbrella William tinha planos de trair a empresa farmacêutica e vender o novo vírus. Na abordagem um dos agentes se assustou e desferiu vários disparos que terminou com Birkin mortalmente ferido. Os soldados pegaram amostras do G-Vírus e dos Antivírus e deixaram o cientista jogado no chão para morrer. No entanto, Birkin decidiu tinha uma amostra do G-Vírus em seu jaleco e desesperado, decidiu injetar em si mesmo, tendo uma mutação instantânea Birkin caçou os soldados, que acabaram derramando o vírus no esgoto onde infectou as baratas e ratos.

Esgostos de Raccoon

As duas espécies agora transformadas em mutantes lutaram pelo domínio nos esgotos, mas os ratos foram finalmente expulsos de suas casas e se refugiaram no Lago Vitória. Lá, eles nadaram na água, que também é um reservatório para a vizinha Raccoon City. Com a carne infectada contaminando a água, a maior parte da cidade acabou tomando banho, bebendo e escovando os dentes com o G-Vírus. A infecção começou a se espalhar rapidamente e, em um dia, a população começou a agir de forma incrivelmente agressiva, entrando em brigas nas ruas. No final do dia, o canibalismo começou e os zumbis estavam efetivamente perambulando por cada esquina da até então pacata Raccoon City.

O governo estava ciente da situação e enviou pessoas para avaliar a situação, além de acobertar qualquer rastro que comprometesse seu envolvimento com a Umbrella, alegando que uma usina termo nuclear era a responsável pelo caos em Raccoon City. No entanto, a Umbrella tinha planos mais egoístas e utilizou o surto como uma forma de testar suas armas biológicas. Isso incluiu o envio de soldados que supostamente estavam resgatando sobreviventes, mas que estavam testando sua eficácia contra as BOWs A empresa também enviou Hunter para matar os sobreviventes imunológicos ao vírus e o Nemesis T-Type para caçar qualquer S.T.A.R.S. sobrevivente do incidente da mansão como Jill Valentine.

Jill não foi a única protagonista de Resident Evil que esteve presa no surto também. Enquanto a história de Jill era contada em RE3, os jogadores puderam ver outra parte da cidade em RE2. Lá, a história de Leon Kennedy e Claire Redfield começa quando Leon chega atrasado em seu primeiro dia como policial, enquanto Claire procura seu irmão Chris que há meses está desaparecido. Por meio de Leon e Claire os jogadores são apresentados a vários zumbis e mutantes como os Lickers, que infestam a cidade. Infelizmente, embora eles consigam sobreviver à provação traumática, o mesmo não pode ser dito da cidade.

No final, o governo decide lançar uma bomba termobárica em Raccoon City para acabar com a infecção, o que também encobre seu próprio envolvimento com a Umbrella e mantém sua pesquisa fora do alcance de outros países. A bomba acabou matando aproximadamente 100.000 pessoas entre civis e infectados, deixando uma cratera onde Raccoon City costumava estar. Embora essa mudança tenha encerrado oito dias de puro inferno, também representa o início de uma nova era de bioterrorismo que dura anos e gera doenças ainda mais mortais até hoje na franquia de Resident Evil.

Fim de Raccoon City

E assim chega o fim da história de Raccoon City, de uma cidade simples e pacata que teve um desenvolvimento estrondoso graças a Umbrella, mas também pelas mãos da mesma empresa que trouxe esse avanço para toda a cidade teve um fim trágico e terrível. Esse evento é muito importante para a trama de Resident Evil, pois foi a partir deste ponto que o mundo ficou sabendo dos planos da Umbrella em relação a produção de armas biológicas, mas também desencadeou o bioterrorismo e a criação de outras empresas para disseminar vírus mortais pelo mundo, e o surgimento de soldados e sobreviventes dispostos a darem suas vidas lutando contra essas ameaças.

Atilla Battezzati

Criador do site Atualinerd, casado, amo muito jogar vídeo game, assistir animes, ler mangás e quadrinhos, mega fã da Cultura Pop. Gosto muito de trocar ideias com as pessoas e agregar conhecimento como também aprender muito sobre as coisas da vida. Venha conosco e faça parte da nossa Família Atualinerd.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *