HQ - Quadrinhos

Namor: Marvel prova que ele nunca será um herói

Namor adora se apresentar como um herói para todos, mas quando é colocado à prova, ele sempre se revelará como um soberano arrogante e decidido a governar todos.

Namor

Aviso de SPOILERS sobre a série Namor, the Sub-Mariner: Conquered Shores # 4 que está criando um debate sobre se o Príncipe Submarino é ou não um herói real no Universo Marvel. No entanto, essa nova série oferece uma explicação de por que ele não é considerado um herói real.

Após uma devastação catastrófica causada pelos Kree, Namor the Sub-Mariner: Conquered Shores mostra um futuro pós-apocalíptico onde a Terra e seus heróis foram forçados ao exílio para serem confrontados nos limites do espaço. Enquanto eles lutam contra sua batalha perdida, Atlantis, a sociedade de Namor no oceano, permanece inalterada e próspera. Apenas alguns heróis restaram na Terra para ajudar os sobreviventes e tentar reconstruir o planeta.


Namor está convencido de que manda em todos

Namor

Namor, Luke Cage e o Monstro de Frankenstein acreditam que o Tocha Humana original, Jim Hammond, é responsável pelo planejamento de um ataque contra os acampamentos de sobreviventes, na edição número quatro de Namor the Sub-Mariner: Conquered Shores, escrito por Christopher Cantwell e Pasqual Ferry. Eles acreditam que Hammond está por trás da ameaça. Hammond nega qualquer acusação de que ele ou as outras máquinas querem causar algum mal, afirmando que eles estão apenas tentando viver em uma civilização própria em paz. No entanto, Machineman se destrói em um vilarejo humano subaquático, levando a morte do Capitão América e outros sobreviventes. Isso enfureceu Namor, que então ataca o Tocha Humana e o mata, usando seu tridente para atravessar seu corpo.

Namor mostra uma raiva tão intensa que foi capaz de matar Hammond sem hesitar. Isso é profundamente preocupante, já que nenhum verdadeiro herói agiria assim. No entanto, o que é ainda mais revelador é o que ele diz durante a interação. Namor afirma que o “mundo inteiro” é sua jurisdição e que Atlântida governa tudo, inclusive Hammond e sua espécie andróide. Quando Hammond recusa se submeter à Atlântida, Namor o chama de “insurreição“. Para punir seu ato de desobediência, Namor atira o tridente em Tocha Humana, declarando: “E a punição pela insurreição… é a morte!” Sua raiva desenfreada revela que o Príncipe Submarino acredita que ninguém está além de seu julgamento.


Namor é Juiz, Júri e Carrasco

Namor

O altruísmo do Príncipe Submarino em ajudar a superfície tem sido um tema recorrente nesta série. Apesar de seus conflitos passados, Namor diz sentir empatia pelas tribulações dos seres humanos após o ataque Kree. Esta cena, no entanto, mostra um outro lado do Príncipe Submarino: ao invés de estar apenas ajudando de boa vontade, ele acredita que a superfície faz parte de seu domínio e, por isso, se recusa a permitir que Jim Hammond e seus irmãos máquinas vivam em paz. Isso indica que o herói que Namor tanto afirma ser, na verdade, não é quem ele realmente diz.

Namor the Sub-Mariner: Conquered Shores #4 já está disponível na Marvel Comics.


Publicidade: O site do Atualinerd é um projeto pessoal e precisamos muito do seu apoio para manter nossa página ativa para continuar trazendo notícias e informações, para você não perder a oportunidade de se manter informado.

Venha conhecer nosso canal no YouTube CLIQUE AQUI – Inscreva-se em nosso canal e fique sempre por dentro das curiosidades da cultura pop! Acesse e divirta-se!

Atilla Battezzati

Criador do site Atualinerd, casado, amo muito jogar vídeo game, assistir animes, ler mangás e quadrinhos, mega fã da Cultura Pop. Gosto muito de trocar ideias com as pessoas e agregar conhecimento como também aprender muito sobre as coisas da vida. Venha conosco e faça parte da nossa Família Atualinerd.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *