Games

God of War: Ragnarok – Thor é muito diferente do UCM

God of War: Ragnarok mostrou seu design para Thor, e embora a recepção tenha sido misturada, é mais preciso para o mito nórdico do que a versão MCU.

God of War: Ragnarok

Após meses de especulação e espera, os fãs finalmente receberam um bando de novas informações sobre God of War: Ragnarok durante o showcase do PlayStation da Sony na semana passada. O trailer do PlayStation Showcase mostrou gráficos deslumbrantes, sugeriu detalhes do enredo e provocou novas mecânicas de combate para os jogadores mexerem quando o jogo estiver disponível. Uma série de screenshots e arte conceitual foram adicionalmente mostradas para o jogo, mostrandto como serão Kratos, Tyr e Atreus. Thor, que foi provocado no final de God of War, também foi exibido. No entanto, a recepção ao seu design foi mista, para dizer o mínimo.

A Santa Monica Studio optou por projetar sua interpretação de Thor com base nos mitos Viking, em oposição à versão do UCM extremamente popular com a qual o público moderno está mais acostumado. Thor tem cabelo ruivo comprido, barba espessa, barriga gigante e uma aparência geral desgrenhada. God of War: a versão de Ragnarok do deus do trovão está muito longe do que as pessoas se acostumaram na última década em decorrência do cinema, mas há uma série de razões pelas quais a Santa Monica Studio optou por uma aparência física tão diferente para o personagem mítico.

Thor – a comparação inevitável com o UCM

God of War: Ragnarok

Devido ao impacto colossal que o UCM teve na cultura pop como um todo ao longo da última década, qualquer peça de entretenimento adaptando o Poderoso Thor será inevitavelmente comparada ao retrato do personagem de Chris Hemsworth. Tendo aparecido em uma trilogia de filmes solo de Thor de 2011 a 2017 (Incluindo o filme de Thor: Love and Thunder em 2022), além de ser um personagem importante na franquia Vingadores, Thor se tornou um dos super-heróis mais reconhecidos no cinema convencional ao longo dos anos. A impressionante presença física e carisma de Chris Hemsworth trazem uma camada agradável ao papel que o torna um dos protagonistas mais amados do UCM.

Ter uma presença dominante tão icônica como essa certamente terá um efeito cascata em outras mídias também. Para todos os efeitos, a versão de Chris Hemsworth se tornou “o rosto” de Thor para a maioria das pessoas, o que é compreensível dado seu papel em uma franquia de filmes de grande sucesso. A Santa Monica Studio poderia ter acompanhado este sucesso, pegando emprestada a aparência física testada e comprovada da versão do UCM de Thor simplesmente copiando e colando em God of War: Ragnarok. Porém, querendo fazer algo diferente e dar destaque ao seu jogo, a equipe mergulhou de volta no mito nórdico, optando por uma interpretação mais verdadeira do personagem. Este Thor “mais gordo” pode não ser do agrado de alguns jogadores, achando que ele deveria ser musculoso e pronto para a batalha como Kratos. No entanto, esse visual é mais adequado do que alguns jogadores podem acreditar.

God of War: Ragnarok – Permanecendo Fiel à Mitologia Nórdica

God of War: Ragnarok

God of War  de 2018 teve muitos elementos fantásticos apresentados no jogo, incluindo uma história emocionante e sistema de combate envolvente. Mas foi a atenção meticulosa e fiel aos detalhes na recriação da antiga mitologia nórdica que pode ter roubado o show, elevando toda a experiência a um nível totalmente novo. A série God of War como um todo tem se esforçado por essa autenticidade desde seus primeiros dias no PS2, com o objetivo de capturar as mitologias nas quais é inspirada o mais próximo possível.

É por isso que não é nenhuma surpresa que a Santa Monica Studio escolheu seguir o caminho criativo que tem para a aparição de Thor em God of War: Ragnarok. A interpretação de Chris Hemsworth é ótima em sua própria maneira, mas é sem dúvida revestida por uma camada brilhante pela qual Hollywood é comumente conhecida. Ele está em perfeitas condições físicas, é incrivelmente bonito [não que eu ache isso e sim a mídia] e tem uma personalidade agradável. Embora ele seja uma boa opção para uma experiência divertida na tela grande, este não é de forma alguma o Thor da antiga mitologia nórdica, nem se encaixaria no mundo já estabelecido pela Santa Monica Studio.

Enquanto a versão do UCM manteve a natureza frequentemente impetuosa e arrogante de Thor intacta, sua contraparte nórdica é muito mais intensa e fomentadora do medo. Thor, simplesmente, não é o homem mais legal para se ficar cara a cara. Thor é um indivíduo que se delicia com a batalha constante, saboreando a vitória sobre seus inimigos e frequentemente se gabando disso em festas e canções. Um verdadeiro Viking, ele também participa de grandes quantidades de bebida e consumo de comida, entregando-se completamente à gula e ao prazer em qualquer oportunidade. Por causa disso, ele se preocupa pouco com o quão bonito ele pode ser, e engordou bastante e agora ostenta uma grande quantidade de pelos faciais.

Embora seja justo que esta interpretação de Thor não seja do gosto de todos, já que tudo se resume à preferência, não se pode negar que a Santa Monica Studio fez algo especial. Ao escolher criar um design muito diferente do Thor presente no UCM, isso só ajudará God of War: Ragnarok a se destacar ainda mais. Como muitos dos principais redesenho de personagens da história, este pode vir a crescer em opositores ao longo do tempo graças à sua autenticidade, e deve se adequar à personalidade do Thor de God of War.

God of War: Ragnarok será lançado ainda em 2022 para PS4 e PS5.

Atilla Battezzati

Criador do site Atualinerd, casado, amo muito jogar vídeo game, assistir animes, ler mangás e quadrinhos, mega fã da Cultura Pop. Gosto muito de trocar ideias com as pessoas e agregar conhecimento como também aprender muito sobre as coisas da vida. Venha conosco e faça parte da nossa Família Atualinerd.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *