AnimeDragon BallFilmes

Dragon Ball Z: A história mais triste fora do Cânone?

Dragon Ball Z e os filmes estão cheios de eventos trágicos, mas a história mais triste de todas foi realmente apagada antes mesmo de acontecer.

Dragon Ball Z A História de Trunks

Embora Dragon Ball seja frequentemente conhecido por sua ação exagerada e cenas de luta, a série nunca teve medo de puxar as cordas do coração do público, com muitos arcos mostrando a dura realidade da guerra e a tristeza inerente da batalha. Muitas partes diferentes de Dragon Ball Z podem ser tristes e carregadas de emoção, mas é triste saber que a história mais trágica da franquia nunca tenha realmente acontecido ainda no Cânone oficialmente.

O especial de 1993, Dragon Ball Z: The History of Trunks, é amplamente visto como a história mais triste de toda a série. É ambientado em uma linha do tempo alternativa (Já nos mostrando o Multiverso na obra) onde Goku morre de uma doença cardíaca após derrotar Freeza, mas como esta é uma morte natural, ele não pode mais ser revivido pelas Esferas do Dragão. Sem Goku por perto, o Androide Nº17 e a Androide Nº18 rapidamente devastaram a Terra, matando todos os Guerreiros Z: Piccolo, Vegeta, Kuririn, Tenshinhan, Yamcha e Chaos muito rapidamente em sucessão. Com Piccolo morto, Kami-Sama também morre, tornando as Esferas do Dragão inúteis.

Dragon Ball Z A História de Trunks

Basicamente sozinho e desesperado para proteger a Terra, o sobrevivente Gohan concorda em treinar Trunks, apesar da idade do menino. No entanto, não importa o que ele faça, Gohan não consegue que seu jovem se torne um Super Saiyajin. Em um determinado momento quando Gohan e Trunks tentam recuar de sua batalha contra os andróides, Gohan tragicamente perde seu braço. Trunks continua a treinar, mas a situação não melhora, e Gohan está fortemente enfraquecido devido a perda de seu braço.

Quando os diabólicos Nº17 e Nº18 atacam mais uma vez, Gohan parte para lutar sem avisar a Trunks que descobrindo que seu mestre está lutando sozinho parte rapidamente para encontra-lo, no entanto, apenas para ver seu mentor e melhor amigo de bruços jogado no chão, morto. A raiva e a tristeza de Trunks se combinam e ele finalmente alcança o Super Saiyajin. Infelizmente, mesmo isso não é suficiente, e a última esperança do mundo é que Trunks use a máquina do tempo de sua mãe Bulma para ir ao passado, curar a doença cardíaca de Goku e ajudar a virar a maré contra os andróides.

Dragon Ball Z A História de Trunks

A História de Trunks nunca foi superada quando se trata da tristeza de Dragon Ball. Embora o conceito de derrota e morte não sejam incomuns nesta franquia, os heróis tendem a se sacrificar pelo bem maior em momentos poderosamente trágicos. E esses sacrifícios são frequentemente recompensados, permitindo que outros heróis ganhem a batalha graças a tais ações nobres. No entanto, The History of Trunks é um matadouro com todos os Guerreiros Z sofrendo mortes sem sentido e. A morte de Gohan é o exemplo perfeito disso, pois embora permita que Trunks alcance se tornar um Super Saiyajin, não é o suficiente, o que significa que Gohan deu sua vida por nada.

Com uma atmosfera opressiva que nenhuma outra mídia de Dragon Ball chegou perto, The History of Trunks é um dos únicos momentos em que as chances parecem totalmente insistentes. Sem Goku, realmente parece que os Androides ganharam. Mesmo a ação final de Trunks de voltar no tempo parece menos uma jogada heróica inteligente e mais de resignação, o ato de um homem que percebe que tudo está perdido e nada pode salvar nessa linha do tempo.

A História de Trunks

Felizmente, o final de A História de Trunks oferece alguma esperança ao dar uma oportunidade para o jovem combater esse mau. Ao voltar no tempo e curar Goku, Trunks garante que seu futuro não possa mais acontecer, desfazendo a cavalgada de morte que os andróides causaram em sua própria linha do tempo. No entanto, Trunks do Futuro apareceu muitas outras vezes em Dragon Ball e se consolidou como um personagem favorito dos fãs. Em jogos posteriores e em outros conteúdos colaterais, Trunks foi transformado em um protetor total do tempo e espaço (Multiverso), aproveitando suas experiências para acabar com as ameaças que viajam no tempo de todos os tipos.

A História de Trunks é de longe a história mais triste e deprimente de Dragon Ball. No entanto, a viagem no tempo do jovem Saiyajin felizmente tornou isso discutível. Embora seja um conto incrivelmente bem desenvolvido, seria muito anticlímax para todos os heróis lendários da série saírem de uma maneira tão triste e deprimente quanto foi na linha temporal de Trunks. No entanto, mostra como o mundo de Dragon Ball é perfeito para o terror também, e que Akira Toriyama pode escrever histórias extremamente sombrias. Muitos fãs, embora tristes com A História de Trunks, esperam que o lendário escritor retorne a esse estilo de contar histórias em algum momento no futuro da obra.

Atilla Battezzati

Criador do site Atualinerd, casado, amo muito jogar vídeo game, assistir animes, ler mangás e quadrinhos, mega fã da Cultura Pop. Gosto muito de trocar ideias com as pessoas e agregar conhecimento como também aprender muito sobre as coisas da vida. Venha conosco e faça parte da nossa Família Atualinerd.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *