AnimeDragon BallMangá

Dragon Ball Super fez os Saiyajins parecerem fracos!

Uma briga exclusiva entre os 12 universos dos Deuses da Destruição de Dragon Ball Super provou que Goku e seus amigos ainda têm um longo caminho a percorrer.

Dragon Ball Super - Deuses da Destruição

O arco do Torneio do Poder em Dragon Ball Super recebeu muitos elogios por ter batalhas épicas que colocaram alguns de seus personagens negligenciados em bom uso, criando um espetáculo diferente de qualquer outro na história da série. No mangá de Dragon Ball Super, no entanto, teve uma batalha ainda mais incrível um pouco antes, colocando todo o poder de seus recém introduzidos Deuses da Destruição em exibição para Goku ver.

Como uma série de acompanhamento, Dragon Ball Super expandiu a cosmogonia da franquia até o ponto em que outros universos foram introduzidos. Cada planeta tem um ser supervisor (o da Terra é Kami), e o universo é dividido entre os Senhores Kaiohs das quatro direções cardeais, como o Rei Kaioh. Acima dele está o Supremo Senhor Kaioh, conhecido como Shin, que tem uma contraparte com o Deus da Destruição, que para o Universo 7 de Goku é Bills. Todos esses deuses estão então a serviço do Grand Zeno, um ser infantil com poderes onipotentes que já demonstrou ter destruído um universo para limpar a bagunça de Zamasu. O tédio de Zeno pode significar um desastre para aqueles abaixo dele, e no mangá e no anime, a sugestão de Goku de um torneio entre universos vem meros momentos depois que Zeno decidiu destruir a maior parte do multiverso por serem fracos e não se desenvolverem.

Dragon Ball Super - Deuses da Destruição

A sugestão leva a todos os Deus da Destruição, seus respectivos Kaioh Shin e atendentes de Anjos sendo convocados para a presença de Zeno a serem informados sobre o torneio. Zeno quer ver os Deus da Destruição lutarem como parte da equipe de guerreiros de cada universo, e então coloca em uma batalha de teste entre todos os doze deuses ultra poderosos. Goku assiste com espanto, enquanto a batalha aumenta rapidamente; os movimentos e reações desses deuses destruidores são tão rápidos que nem os olhos de Zeno conseguem acompanhar a ação. Apesar de ter se unido inicialmente, Bills se sai muito bem, tornando-se um dos últimos deuses de pé antes de Zeno cancelar a luta, alegando que é chato quando eles se movem tão rápido e proibindo os Deus da Destruição de participar do torneio real como resultado.

Dragon Ball Super - Deuses da Destruição

Enquanto Goku tinha, naquele momento, lutado contra Bills e até treinado com ele por algum tempo, este foi seu primeiro vislumbre do verdadeiro poder que esses Deus da Destruição exercem. Para Goku, que foi o ser mais poderoso de seu universo, foi um lembrete de que não importa o quão poderoso ele seja, ainda havia um espaço de distancia para crescer, algo que é essencial em Dragon Ball neste momento devido à sua longa duração. É o status de execução e fluência de poder que estão cada vez maior. No anime, essa batalha entre os Deus da Destruição não ocorreu, e em vez disso eles realizaram uma espécie de Zeno Expo, uma batalha demonstrativa entre lutadores do Universo 7 (Goku, Gohan e Boo) contra o Universo 9. Uma batalha tão rápida e louca seria quase impossível de animar, então não é surpresa que o anime tenha seguido um caminho diferente, mesmo que isso significasse perder o significado dessa demonstração de poder.

Além de motivar Goku, a batalha oferece uma visão de por que o Universo 7 é frequentemente menosprezado, já que Bills é impopular entre seus companheiros deuses. Também responde à pergunta de por que, apesar de suas próprias vidas estarem em risco, os Deus da Destruição não lutaram diretamente no Torneio do Poder; eles são expressamente proibidos devido à imensa distância entre mortais e divindades. Embora sua ausência no anime de Dragon Ball Super seja perdoável, Goku perder a oportunidade de ver todo o poder de seu novo mentor é um resultado infeliz que não está presente no mangá.

Atilla Battezzati

Criador do site Atualinerd, casado, amo muito jogar vídeo game, assistir animes, ler mangás e quadrinhos, mega fã da Cultura Pop. Gosto muito de trocar ideias com as pessoas e agregar conhecimento como também aprender muito sobre as coisas da vida. Venha conosco e faça parte da nossa Família Atualinerd.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *