Animações e CartoonsHQ - Quadrinhos

Comics: As maiores rivalidades de Super Heróis nas HQs

Heróis vs Heróis é um marco da narrativa da Marvel Comics, e em 2022 a editora está se apoiando fortemente nesse tipo de crossover, colocando por exemplo Thor e Hulk um contra o outro em ‘Banner War‘ e depois aumentando a aposta, quando os X- Men, os Vingadores e os Eternos se enfrentam em uma batalha de rancor a três em seu grande evento nomeado o Dia do Julgamento.

Comics

Então, enquanto todos podem nomear seus melhores amigos de super heróis favoritos ou casais românticos de super-heróis, toda essa luta interna também leva a famosas rivalidades de super heróis. E eles não estão limitados apenas à Marvel Comics. O universo da DC Comics também tem sua parcela de personagens que não são tão unidos assim, e partem para a trocação franca.

Algumas são rivalidades amigáveis e até muito legais de acompanhar, já outras são rivalidades românticas já dá aquele drama, mas outras muitas vezes se tornam violentas e no caso de um ou dois heróis partirem para a luta, a Terra pode tremer quando os rivais se encontram em desacordo.

Então, aqui estão as rivalidades de super heróis mais memoráveis das HQs, conflitos menores e maiores que os leitores esperam sempre ver quando os personagens se encontram.


Batman e Guy Gardner / Lanterna Verde

Batman e Guy Gardner

Embora Batman tenha mostrado muitas vezes uma desconfiança saudável da maioria dos Lanternas Verdes, o verdadeiro auge dessa rivalidade é (ou era, dependendo dos caprichos da continuidade) caracterizado no relacionamento de Batman com Guy Gardner.

No relançamento da Liga da Justiça que se seguiu ao evento DC’s Legends, Batman foi um dos poucos membros veteranos em uma equipe cheia de novatos e escolhas de azarão. Ele rapidamente assumiu a liderança da equipe, e seu estilo sensato irritou o Lanterna Verde residente da equipe (Guy Gardner), tanto que ele realmente desafiou Batman pela liderança da equipe.

Não demorou muito para resolver essa disputa. Batman derrubou Gardner com um único soco, que, além de deixá-lo imediatamente inconsciente, acalmou sua atitude impetuosa por um curto período de tempo. Claro, não demorou muito para que Gardner e Batman estivessem de volta às gargantas um do outro, provocando uma longa tradição de Batman não se dar bem com vários Lanternas Verdes.


Demolidor e Justiceiro

Comics - Demolidor e Justiceiro

Demolidor é um combatente do crime que, embora tenha tido crises de depressão e submerso na escuridão, cai no campo não letal dos super heróis. O Justiceiro, por outro lado, é quase exatamente o oposto em questão de letalidade. Mais como um anti-herói e, ocasionalmente, até um vilão, o Justiceiro toma uma atitude de ‘matar todos e deixar Deus resolver‘ a atitude de dar uma mordida no crime.

Desnecessário será dizer que esta rivalidade não é amigável. Eles se cruzaram uma vez ou outra, ocasionalmente em lados opostos da mesma luta, mas muitas vezes intensos, times de curta duração que parecem durar apenas até que o Justiceiro faça o inevitável, provando mais uma vez que os leopardos não mudam suas vidas, manchas ou, neste caso, respingos de sangue.

Embora existam inúmeras histórias do Justiceiro / Demolidor que valem muitíssimo a pena ler, incluindo o arco de abertura da corrida Demolidor de Ed Brubaker, onde o Justiceiro é preso para ajudar um Demolidor relutante a sobreviver na prisão, o Justiceiro provavelmente ainda é o melhor. Em Demolidor # 182-184 de Frank Miller e Klaus Jansen, o Justiceiro tem uma de suas primeiras aparições depois de aparecer como um vilão do Homem-Aranha. Ele e o Demolidor tentam derrubar o mesmo traficante de drogas e, bem, vamos apenas dizer que ambos acabam com mais do que esperavam.


Superman e Shazam

Superman e Shazam

A rivalidade entre Superman e Shazam (anteriormente conhecido como Capitão Marvel) remonta a mais de 80 anos e se estende além dos limites dos quadrinhos. Embora originalmente existissem em universos de editoras diferentes, a DC Comics (até então chamada National) rapidamente processou a editora do Capitão Marvel a Fawcett, pela violação do tema e superpoderes de sua criação.

Naqueles dias, personagens como o Super-Homem estavam aparecendo à esquerda e à direita, mas apenas o Capitão Marvel estava vendendo regularmente mais do que o Homem de Aço, levando à consternação óbvia da National.

A Mad Magazine, então publicada pela polêmica EC Comics, aproveitou para satirizar a situação criando uma história com Superduperman e Captain Marbles, sátiras óbvias dos dois heróis, brigando. Desde então, e desde a compra do Capitão Marvel pela DC Comics anos depois, o desenvolvimento se estendeu a vários meios de comunicação, incluindo histórias mainstream e outros mundos, e até desenhos e animações.

Talvez o melhor exemplo dessa rivalidade, fora Mad, seja Kingdom Come de Alex Ross e Mark Waid, uma história ambientada em um futuro sombrio onde um Superman aposentado mais uma vez veste sua capa para impedir que uma nova geração de heróis cause estragos violentos. Em Kingdom Come, um Capitão Marvel com lavagem cerebral torna-se uma arma secreta de Lex Luthor contra o Superman, preparando o cenário para o momento mais devastador e climático da história, em que o par se enfrenta.

A ideia de Lex Luthor manipulando os dois em combate também foi usada no episódio ‘Clash‘ de Liga da Justiça Sem Limites, outro grande exemplo da rivalidade entre esses dois pesos da DC Comics.


Wally West / Flash e Kyle Rayner / Lanterna Verde

Comics - Wally West / Flash e Kyle Rayner / Lanterna Verde

Wally West e Kyle Rayner têm muito em comum, mas quase não poderiam ser mais diferentes. Ambos são heróis legados, carregando os nomes e poderes de homens que foram alguns dos super-heróis mais poderosos e conhecidos de sua época, e ambos vivem à sombra desses homens. No entanto, onde Wally West (atualmente o Flash) foi orientado por seu antecessor (Barry Allen) e cresceu como um herói, Kyle Rayner nunca conheceu os Lanternas Verdes anteriores da Terra e se tornou um herói na sombra da queda de seu antecessor (Hal Jordan).

Em meados dos anos 90, quando Grant Morrison procurou reviver a fraca franquia da Liga da Justiça naquela época concentrando-se em seus membros principais mais populares, eles naturalmente escolheram Flash e Lanterna Verde, que, neste momento, eram Wally West e Kyle Rayner, já que Barry Allen e Hal Jordan haviam morrido em anos anteriores. A tensão entre os dois foi quase imediatamente palpável, com Kyle vendo Wally como um tagarela irresponsável, e Wally vendo Kyle como um sucessor indigno de Hal Jordan.

Embora os problemas de renascimentos, retornos e reinicializações tenham afastado eles nos últimos anos, não há como negar a rivalidade e camaradagem presente entre os dois enquanto eram o Lanterna Verde da Terra e o Flash. As primeiras edições do JLA de Grant Morrison ilustram melhor o relacionamento deles, incluindo até momentos simples, como os dois brigando constantemente por estarem na mesma equipe ou falando mal de videogames.


Capitão América e Homem de Ferro

Capitão América e Homem de Ferro

As duas pedras angulares dos Vingadores da Marvel, e possivelmente até mesmo de seu universo mais amplo, Capitão América e Homem de Ferro são, na maioria das vezes, aliados firmes. Mas às vezes até os melhores amigos podem se tornar rivais. Às vezes, basta uma simples diferença de ideologia para empurrar um desacordo para uma guerra total.

Enquanto alguns dos conflitos nesta lista podem ser descritos como rivalidades amigáveis, e a briga ocasional entre Capitão América e Homem de Ferro também pode ser chamada assim, em Guerra Civil da Marvel, uma disputa sobre o registro de super-heróis e a revelação pública de suas identidades trouxeram os dois além dos golpes e uma batalha em grande escala, com ambos os lados essencialmente escolhendo equipes e se preparando para o confronto, levando a inúmeras consequências como a dissolução dos Vingadores e a morte de vários personagens, incluindo o próprio Capitão América.

Embora o Capitão tenha retornado desde então, e a dupla tenha se reconciliado essencialmente, ainda há momentos de tensão incrível. Recentemente, o Homem de Ferro chegou ao ponto de fazer o Dr. Estranho apagar inúmeras memórias da mente do Capitão América em uma tentativa de impedi-lo de tomar possíveis medidas drásticas para salvar o mundo. Enquanto o Capitão América for um idealista e Tony Stark estiver disposto a seguir o caminho mais baixo, a dupla permanecerá, em algum nível, rivais.


Namor e Tocha Humana / Jim Hammond

Comics - Namor e Tocha Humana / Jim Hammond

Nos primeiros dias da Timely Comics, a empresa que um dia se tornaria a Marvel Comics, os personagens mais célebres eram Namor, um anti-herói das profundezas do oceano, e o Tocha Humana, um androide criado para lutar na segunda guerra. Indo contra o mais antigo dos truísmos elementares, a Timely logo descobriu que os fãs adoravam quando fogo e água se misturavam, reunindo o Tocha Humana e Namor nas páginas da Marvel Mystery Comics.

A rivalidade entre a Tocha Humana e Namor viu alguns retcons, algumas expansões e algumas reescritas, sempre houve um tipo clássico de rivalidade entre o homem da Atlântida e o androide flamejante, geralmente decorrente de seu fogo / água mencionado acima. dinâmicos, e da proximidade um do outro como dois dos personagens de estreia de uma empresa que já sabia quebrar moldes.

Embora a rivalidade tenha, de certa forma, continuado até os dias atuais, com Namor muitas vezes entrando em conflito com o Quarteto Fantástico, a equipe do Tocha Humana atual (Johnny Storm), não há história melhor do que o primeiro combate entre Namor e o Tocha Humana original (Jim Hammond).

Depois de algum acúmulo, o conflito entre Namor e a Tocha Humana veio à tona em uma batalha de tirar o fôlego que os levou a todos os confins da cidade de Nova York, levando os leitores a um passeio por pontos de referência e locais reais, desencadeando uma tradição que definiu o sucessor de Timely futura Marvel, como a casa dos heróis que vivem no ‘mundo real’.


Homem-Aranha e o Tocha Humana / Johnny Storm

Homem-Aranha e o Tocha Humana / Johnny Storm

Peter Parker e Johnny Storm podem ser os rivais amigáveis ​​por excelência do mundo dos super-heróis. Na verdade, o relacionamento deles pode ser ainda melhor descrito como amigos. Possivelmente até melhores amigos. Melhores amigos que enlouquecem um ao outro e se deleitam com a consternação e a encarnação um do outro. Você sabe, igual como seus amigos.

Quase desde que se conheceram e perceberam que eram da mesma idade, o Homem-Aranha e o Tocha Humana tiveram uma forte dinâmica de vai e vem, cada um fazendo o outro infeliz em todas as oportunidades, mas ainda sabendo que podem contar um com o outro quando a situação aperta. Ambos têm algo que o outro não tem. O Homem-Aranha é inteligente, científico e responsável, enquanto Johnny Storm é descontraído, rico e bem-sucedido. A única coisa que eles realmente compartilham é seu raciocínio rápido, que é mais frequentemente usado para lançar farpas geralmente bem-humoradas.

De fato, quando Johnny Storm foi aparentemente morto impedindo uma incursão da Zona Negativa, foi o Homem-Aranha que ele escolheu a dedo como seu sucessor entre o Quarteto Fantástico. A melhor história de sua rivalidade, no entanto, veio depois em Fantastic Four #17, onde a dupla se tornou um casal estranho de super-heróis, culminando em uma festa selvagem com a presença de uma série de criaturas estranhas da Zona Negativa, resultando em estranhos encontros pós-festa para tanto para o Aranha quanto para o Tocha.


Hulk e Coisa

Comics - Hulk e Coisa

É uma pergunta simples e que vem sendo feita desde os primórdios da Marvel Comics é: Quem é o mais forte? Os desafiantes são o Hulk, cuja raiva faz com que sua força aumente rapidamente, e Ben Grimm, o Coisa, cujo o corpo inteiro é composto de rochosa e estruturas volumosas, o que fazem dele um dos heróis mais difíceis de encarar de toda a Marvel. E como você resolve tal questão? Através de testes científicos bem medidos? Proezas de força? Não. Socando um ao outro até que um deles recue.

Embora a dupla tenha colidido várias vezes, parece que a resposta é quase sempre certa para o lado do Hulk, embora a astúcia de Ben Grimm ocasionalmente tenha lhe dado algumas vantagens. Mas a resposta óbvia não impede os fãs de perguntar ou de apreciar os resultados. Na verdade, a rivalidade é tão prevalente que até aparece fora dos quadrinhos, como os hilariantes encontros contínuos da dupla na segunda temporada de Avengers: Earth’s Mightiest Heroes.

Talvez as melhores histórias, porém, sejam aquelas que realmente tipificam o conflito, mostrando as diferenças e semelhanças entre Hulk e Coisa. Seu primeiro encontro foi em Quarteto Fantástico #12 da Marvel Comics, e foi muito divertido, apresentando algumas das melhores interpretações de Jack Kirby do Hulk. Quarteto Fantástico #112 também é excelente por causa da dinâmica alterada entre Bruce Banner, a forma humana do Hulk, e um humano Ben Grimm que sofre mudanças incontroláveis ​​no Coisa.


Wolverine e Ciclope

Wolverine e Ciclope

Tudo pelo amor de uma mulher, é a isso que se resume a rivalidade entre Ciclope e Wolverine. Bem, talvez nem todos os conflitos entre eles, mas certamente essa é a principal. Embora Jean Grey quase sempre tenha sido vista como o verdadeiro amor do cuidadoso e nobre Ciclope, Jean também se viu objeto do apaixonado e primitivo Wolverine, uma dinâmica que faz faíscas voarem em todas as direções, especialmente entre as garras de Wolverine e as explosões ópticas de Ciclope.

Embora Jean Grey nunca tenha tido um relacionamento amoroso com Logan como teve com Scott, Jean permaneceu compelida pelo magnetismo animal de Wolverine, que contrastava fortemente com a natureza segura e confiável de Ciclope. Quando um caso entre Ciclope e a ex-vilã Emma Frost criou uma barreira entre Jean e Ciclope, seguido rapidamente pela morte de Jean, o conflito entre Wolverine e Ciclope finalmente chegou ao fim, eventualmente se transformando em uma quebra de barreiras entre os dois.

Embora os eventos de X-Men: Cisma e os subsequentes Vingadores vs X-Men não estejam diretamente ligados ao amor compartilhado de Ciclope e Wolverine por Jean Grey, certamente não diminuiu a raiva um pelo outro quando o terrorismo mutante instigou vários governos para começar a construir e empregar sentinelas. Quando a poeira baixou, a dupla quebrou os X-Men ao meio, com Scott permanecendo na costa oeste em Utopia, o mundo que ele ajudou a construir para mutantes, e Wolverine retornando a Nova York para fundar sua própria escola para jovens mutantes. chamado de Escola Jean Grey para Ensino Superior.

A briga parece ter acabado, pelo menos por enquanto, já que Wolverine, Ciclope e Jean Grey foram mostrados nos quadrinhos da Marvel Comics recentes dos X-Men como um triangulo amoroso, mais para casal com Jean e Scott .


Batman e Superman

Comics - Batman e Superman

O melhor dos amigos, o pior dos inimigos. Dois lados da mesma moeda. Um representa o pináculo absoluto do potencial humano, enquanto o outro é uma força externa dedicada ao aperfeiçoamento da humanidade. Superman e Batman, em suas longas e célebres histórias, quase sempre foram os aliados mais fortes, cada um completando o outro naquilo que lhes falta. Mas, como já foi visto em repetidas ocasiões, às vezes os melhores amigos podem se tornar os piores inimigos.

Ao longo dos anos, o clichê de Batman e Superman se voltando um contra o outro ou simplesmente começando como inimigos tornou-se quase tão prevalente quanto a ideia de sua amizade. Eles chegaram trocar golpes em vários meios de comunicação, no filme Superman vs Batman antecederam Batman vs Superman: Dawn of Justice voltando décadas atrás.

Enquanto histórias como Red Son mostraram visões alternativas de um mundo onde Superman e Batman estão em lados opostos de um conflito, para não falar de serem inimigos reais, talvez sua luta mais conhecida e melhor contada ocorreu no Batman de Frank Miller e Lynn Varley: The Dark Knight Returns da DC Comics, que mostrava um futuro sombrio para Gotham City, no qual Batman deixa a aposentadoria para enfrentar os criminosos invasores de uma vez por todas.

No momento culminante da história, Batman veste uma armadura de batalha, atacando agressivamente o Superman, que está agindo em nome do governo para derrubar Batman. Batman eventualmente vence (embora não sem custo), sugerindo que todo o poder do mundo não é páreo para a engenhosidade humana e uma vontade intransigente de vencer.


Você já sabia dessas rivalidades? Conhece mais alguma que eu não mostrei aqui? Comenta aqui! E não deixe de seguir nossas redes sociais, no Instagram, Facebook e o nosso canal no YouTube. Espero por vocês lá!!!

Atilla Battezzati

Criador do site Atualinerd, casado, amo muito jogar vídeo game, assistir animes, ler mangás e quadrinhos, mega fã da Cultura Pop. Gosto muito de trocar ideias com as pessoas e agregar conhecimento como também aprender muito sobre as coisas da vida. Venha conosco e faça parte da nossa Família Atualinerd.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *